As normas de isolamento social que estamos vivendo atualmente têm nos impostos novos desafios, mas também nos oferecido novas oportunidades. Com as crianças em casa por mais tempo, mantê-las entretidas pode ser uma missão difícil. Principalmente, quando começam a aparentar tédio e falta de motivação diante dos brinquedos e aparelhos eletrônicos de sempre. Pensando em opções criativas que proporcionem tempo de qualidade entre pais e filhos, trouxemos 5 opções de jogos para brincar com seus filhos sem precisar sair de casa e se divertir muito.

Brincar com crianças constrói boas lembranças para o futuro. Além disso, estimula a autoestima e a imaginação dos pequenos bem como incentiva-os a expressarem suas emoções, anseios e medos. Ajudando assim, os pais a entenderem melhor seus filhos. Representando uma eficiente forma de educar as crianças, ensinando a elas lições que perduram por toda vida.

1. Caixa mistério

A caixa mistério é um jogo que, além de divertir, tem a função de estimular os sentidos de crianças a partir dos três anos de idade.

Ele consiste em dispor objetos e alimentos numa caixa ou uma mesa, e fazer com que a criança, vendada, adivinhe os elementos da caixa mistério. Faça seu filho utilizar todos os sentidos, estimulando, assim, o tato, olfato e paladar em uma única brincadeira.

2. Cabo de guerra

Esse jogo é um clássico e, muito provavelmente, esteve presente também na sua infância. Para jogar basta dividir as crianças em dois grupos e definir uma base para cada um deles. Elas devem puxar uma corda a fim de fazer o grupo oponente sair de sua base. Aquele que deixar a base primeiro perde.

O cabo de guerra é um jogo que faz com que a criança se exercite, ganhe força e desenvolva o espírito competitivo. Mas, para isso, é importante que a competição aconteça de forma saudável e divertida.

3. Jogo da memória

Outro clássico, o jogo da memória possui a facilidade de ser encontrado em diversas versões pela internet, podendo ser jogado individual, ou coletivamente. Além disso, como o próprio nome já diz, a brincadeira é uma forma excelente de estimular a memória das crianças.

4. Quem sou eu

O “quem sou eu?” é um jogo muito simples, que não possui limite de jogadores, divertindo toda a família.

Ele consiste em escrever um nome de um animal, objeto, personalidade da mídia, ou alimento, entre várias outras possibilidades, em um pequeno papel e colá-lo da testa da pessoa sentada ao seu lado. Cada jogador recebe então um número exato de perguntas — que precisa ser igual para todos — que deve fazer para descobrir o que está em sua testa. Quem acertar com o menor número de perguntas vence o jogo.

5. Jogos com conteúdo escolar

Outro desafio lançado aos pais pela necessidade de isolamento social é manter os filhos ligados ao que aprenderam na escola até então. Uma ótima solução para o problema é utilizar jogos que divirtam as crianças e, ao mesmo tempo, exijam que elas utilizem conhecimento para avançar na brincadeira.

Um exemplo de jogo para brincar com seus filhos, associado à educação é o ToDo Matemática, aplicativo que incentiva a prática da disciplina entre as crianças por meio de milhares de atividades divididas de acordo com o grau de escolaridade e conhecimento dos pequenos.

Os pais participam da brincadeira acompanhando o desempenho dos filhos e auxiliando-os nas atividades.

Tão importante quanto se dedicar aos filhos, é manter sua saúde em dia e, para isso, praticar exercícios é fundamental. Conheça cinco atividades físicas para fazer em casa durante a pandemia.