Black fridayPowered by Rock Convert

Quem nunca sonhou com aquela viagem de moto alucinante, pelas estradas do Brasil e da América do Sul? Cara, se você tem a possibilidade de cair no mundo assim, sobre duas rodas, e deixar a cabeleira solta ao vento, está esperando o quê? Para incentivar você com o seu projeto e tornar realidade essa viagem dos sonhos, nós resolvemos preparar este post como um miniguia com tudo o que você precisa para começar a aventura e carregar histórias para a vida inteira.

E aí? Está preparado para acelerar e desbravar os lugares mais legais do país? Então, sem mais delongas, separe o capacete e tome nota das dicas abaixo. Vamos lá!

1. Defina uma rota

Olha, em toda viagem de moto, o mais legal de tudo é se “deixar levar”, ou seja, sair sem destino e com todo o tempo do mundo. Apesar disso, por mais à vontade que seja a sua viagem, é necessário ter um planejamento mínimo e uma rota em mente, mesmo que os planos venham a mudar no caminho.

A cada novo “desvio”, pare com calma e defina bem aonde você quer chegar, qual a condição da estrada, quanto tempo tem disponível, qual o melhor percurso, se existem postos de gasolina no caminho, entre outros detalhes fundamentais. É o básico para se garantir o sucesso nessa jornada!

2. Não exagere na bagagem

Viagem de moto é para quem abre mão de luxo! Fala sério, né? Uma boa jaqueta, aquela bota de couro que aguenta qualquer topada e algumas poucas peças de roupas já são mais do que suficientes para a aventura. Claro que você precisa levar em consideração o clima do destino final e adaptar-se às necessidades do local. Mas nada de exagerar! É aquela velha história: menos é mais, afinal, nem tem como levar um montão de coisas na garupa, concorda?

Arrume uma mochila ideal e carregue só o que achar necessário.

3. Capriche em equipamentos, se for acampar

Viagem de moto e acampamento são garantias de aventura certa, não é mesmo? Tudo bem que, se a viagem for muito longa, não custa nada revezar alguns dias num hostel ou em uma pousadinha local para descansar melhor o corpo, mas nada como montar a barraca na beira do rio ou na praia, com aquele céu estrelado, preparar o rango no fogareiro e admirar a motoca guerreira do lado de tudo.

Se curtir essa vibe e esse lifestyle, então, você pode separar um espacinho no bagageiro para carregar uma barraca compacta ou uma rede levinha, umas panelinhas, um fogareiro pequeno, lanterna e, claro, o velho repelente.

4. Faça uma geral na moto

Antes de iniciar a sua viagem de moto, não se esqueça de fazer uma revisão completa na guerreira. Olhe os freios, as embreagens, os pneus, o óleo e o motor. Se achar que precisa trocar algo, não dê mole e deixe para depois. Resolva tudo e só saia com a garantia de a máquina estar pronta para rodar. A segurança é fundamental para o sucesso de sua viagem e não dá para arriscar quebrar no meio do caminho ou, até mesmo, colocar a vida em risco, beleza?

Em geral, são essas as principais dicas para uma boa viagem de moto, que, com certeza, sempre representa uma aventura fascinante e inesquecível. Portanto, capacete, jaqueta, luva e botas a postos e pé na estrada. Ah, não se esqueça de registrar os momentos e compartilhar com a galera!

Curtiu? Precisando de mais dicas para a sua viagem de moto? Então, veja também o próximo post e confira 3 sugestões de destinos imperdíveis na América do Sul sobre duas rodas. Corra lá!