Se você curte se vestir bem e acompanhar o mundo da moda masculina, já deve ter percebido que o tie-dye masculino está super em alta. A estampa, que tem manchas coloridas em padrões “sem regras”, surgiu nos anos 60, com o movimento hippie. Em 2020, ela voltou com tudo a colorir nossos guarda-roupas!

Como é uma estampa mais colorida, muitos deixam de usar o tie-dye por não saber como combiná-lo com o restante do look. Então, se você faz parte desse time, conheça 4 formas de implementar o tie-dye em suas produções!

1. Encontre o seu estilo de tie-dye

Essa dica é para você que sempre torceu o nariz para o tie-dye! Colorida e marcante no sus primórdios, a estampa nem sempre agradava a todos os gostos. Entretanto, agora ela está repaginada e pode ser encontrada:

  • Em tons mais discretos — como os pastéis, deixando a peça menos chamativa;
  • Com apenas uma variação de cor — o que facilita a composição dos looks;
  • Em cores neutras — como preto, branco e cinza, que dão um visual mais sóbrio à estampa e combina com praticamente tudo;
  • Com diferentes padronagens — o tie-dye de hoje também é encontrado em forma de listras, ondas, com manchas menos definidas e outras variações.

Ou seja, basta procurar com carinho que você vai encontrar uma peça de tie-dye que combine com o seu estilo!

2. Camisetas divertidas

A camiseta é a peça masculina mais fácil de encontrar o tie-dye! Afinal é mais informal e realmente combina com esse estilo de estampa, que tem um visual mais alegre e até mesmo praiano. Nas camisetas, o tie-dye aparece tanto como estampa única da peça como em sobreposições com desenhos e escritos.

Vai dar uma rolê descontraído durante o dia? A camiseta tie-dye fica incrível com shorts ou bermuda mais lisos ou em jeans, de preferência os mais claros. Nos pés, um sapatênis banco, chinelo ou sandália completam a produção!

Já num visual mais arrumadinho, como para um barzinho à noite, a camiseta tie-dye fica legal com uma calça jeans ou de linho. Para combinar ainda mais, dobre a barra da calça e finalize com um sapatênis ou abotinado de camurça!

3. Look todo de moletom

Além do tie-dye, a pandemia do coronavírus trouxe outra tendência ainda mais forte: o das roupas confortáveis! E como ser mais confortável que um conjunto de moletom? Além disso, o mais bacana da opção é que voê não precisa usar sempre em conjunto — dá para usar somente a calça ou a blusa combinados com outras peças!

Como o conjunto vai praticamente transformar o look em tie-dye da cabeça aos pés, nosso conselho é optar por algo mais discreto, que seja mais usável dentro do seu estilo. Voltando às dicas do primeiro tópico, uma padronagem menos marcante ou cores mais discretas aqui são as melhores mais seguras!

4. Tie-dye nos detalhes

Essa dica é para os que querem começar a usar tie-dye masculino e não sabem como, e também para os que gostam da estampa, mas não querem que ela roube toda a atenção do look — use em pequenas doses!

O tie-dye também pode apaercer em acessórios como bonés, bandanas, mochilas e outras peças de menos “importância” e visibilidade no look. Assim, o visual fica mais discreto, mas ainda mostra que você está atualizado!

Se você procura estar sempre bem vestido e se sentindo confiante, continue ligado nas dicas que damos aqui no blog e nos lançamentos da Kildare!