O café possui uma forte importância na história do Brasil e continua até hoje sendo uma das bebidas mais consumidas pelos brasileiros. Além disso, é utilizado no café da manhã. E também está presente no decorrer do dia. Seja em uma pausa do trabalho, após o almoço ou para se concentrar no trabalho ou nos estudos.

Para os apaixonados por café, não existe apenas um momento do dia para ingerir a bebida. Pensando nisso, selecionamos quatro sabores diferentes de café para que você possa degustar o que se adequa melhor ao seu gosto.

Café Arábica ou Café Robusta?

Primeiramente, falaremos sobre a diferença entre o café arábica e robusta. Cada um deles é feito com uma espécie de planta diferente, mesmo que sejam a mesma bebida. Uma das diferenças mais marcantes entre eles se refere à variedade de aromas e sabores. Já que o café arábica possui uma maior diversidade comparado a estes itens. Ao contrário do café robusta que é mais amargo e menos diverso.

Segundo os especialistas, os cafés que possuem qualidade superior são preparados em sua totalidade com os grãos arábica. Então vejamos agora quatro sabores do café arábica.

Café Bourbon

Com um sabor mais adocicado que pode lembrar avelã para muitas pessoas, o café Bourbon possui um aroma intenso e menos acidez. É um café que harmoniza bem com chocolate e no preparo de doces. Sendo assim, um café suave e encorpado.

O grão amarelo, produzido no Brasil pela primeira vez em 1930, tem origem na mutação natural do grão vermelho produzido na ilha da Reunião. Um departamento ultramarino francês localizado no Oceano Índico, próximo de Madagascar.

Café Catuaí

O café catuaí é de origem brasileira e se tornou o mais cultivado dos cafés arábicos do país. Afinal ele resiste melhor a pragas e possui um crescimento veloz, tornando seu plantio menos custoso.

Em relação ao seu sabor, ele é levemente adoçado, apresentando também um gosto cítrico e frutado. Com uma acidez mediana e pouco encorpado.

É possível encontrá-lo em dois grãos, o vermelho e o amarelo. O primeiro é mais encorpado e amargo que o segundo. O seu nome tem origem no tupi-guarani e significa “muito bom”.

Café Mundo Novo

O café novo mundo tem um gosto marcante e é bem saboroso, possuindo um aroma suave e média acidez. Muito utilizado na produção de drinks alcoólicos ele harmoniza bem com gim e frutas críticas.

Ademais, a sua harmonização é bem versátil também. Por isso é muito utilizado em cafeterias para a produção de variadas bebidas não alcoólicas como smoothies, por exemplo.

Além disso, ele costuma apresentar uma maior quantidade de grãos em excelente qualidade.

Topázio

O último dos quatro sabores diferentes de café que trazemos é o café topázio. Ele apresenta um gosto suave e um aroma intenso que lembra o de frutas cítricas. E é muito cultivado em Minas Gerais, sendo oriundo do cruzamento entre as espécies catuaí amarelo e mundo novo. O grão herdou as boas características das espécies que descende.

Como o seu gosto é muito saboroso, as cafeterias utilizam o café topázio nas bebidas geladas. Junto com a espécie novo mundo, elas são as mais utilizadas pelos estabelecimentos na preparação de bebidas com café.

Gostou da nossa seleção de sabores de café feita especialmente para os apreciadores desta bebida tão saborosa? Então confira também mais dicas sobre bebidas e gastronomia em nosso blog.