Já não é novidade para ninguém que temos vivido tempos difíceis. Com a pandemia provocada pela COVID-19, o isolamento social e todas as demais implicações que a quarentena acabou acarretando a vida de milhares de homens brasileiros, é difícil quem não se sinta ansioso.

Caso você venha sofrendo com crises de ansiedade nos últimos tempos, saiba que não está sozinho. E no post de hoje, listamos algumas dicas que, com certeza, vão te ajudar a lidar melhor com as crises e, assim, se tornar um homem menos ansioso. Boa leitura!

Como saber se você está ansioso

Antes de falarmos sobre nossas dicas, é preciso que você identifique se o seu comportamento é, e fato, o de um homem ansioso. Claro que o diagnóstico de ansiedade só pode ser dado por um médico, mas você também pode observar alguns sintomas em seu dia a dia, tais como:

  • Dificuldade de concentração;
  • Dificuldade de memorização;
  • Insônia;
  • Pesadelos recorrentes
  • Apatia geral
  • Falta de ar;
  • Tremores;
  • Pensamento acelerado.

Esses são apenas alguns dos sintomas que acometem pessoas que sofrem com ansiedade. Portanto, é importante estar sempre atento ao seu corpo, já que só assim será possível identificar se você é um homem ansioso. Agora, vamos às dicas.

Como está a sua rotina durante a pandemia?

Devido ao período de quarentena, muitos homens precisaram deixar suas rotinas de trabalho para se dedicarem ao home office. Apesar de essa ser uma medida temporária e que tem como objetivo preservar a saúde, é bastante comum que, pela falta de uma rotina, alguns acabem ficando ansiosos.

Para lidar com esse tipo de situação, o ideal é adotar e colocar em prática uma espécie de rotina o quanto antes. Assim como você fazia antes do período de isolamento social, procure ter horários certos para:

  • Acordar;
  • Tomar café da manhã;
  • Trabalhar;
  • Almoçar;
  • Exercitar-se;
  • Fazer as demais tarefas do dia.

Não se esqueça dos exercícios físicos

Embora costumem ser bastante ativos, é comum que muitos homens acabem deixando a prática de exercícios físicos de lado durante a pandemia. Isso porque com academias fechadas, e sem a possibilidade de poder frequentar um parque ou qualquer outro lugar público, fazer exercícios parece ser muito mais difícil.

No entanto, não precisa ser dessa forma. Até mesmo porque a prática de exercícios é uma das maiores aliadas contra a ansiedade, sobretudo em tempos de isolamento social. Assim, para continuar se exercitando, opte por séries de exercícios que possam ser feitos dentro de casa.

Se você tiver equipamentos de academia em sua casa, como esteiras elétricas e bikes ergonômicas, por exemplo, esse é um excelente momento para começar a utilizá-los.

Lembre-se sempre: quando seu corpo está em movimento, sua mente consegue se manter sã, logo, você ficará menos ansioso e conseguirá passar de forma mais tranquila por esse momento.

Esperamos que nossas dicas sobre como ficar menos ansioso durante a pandemia, especialmente se você estiver sob quarentena e isolamento social, tenham ajudado. Para mais dicas como estas, continue nos acompanhando. Até logo!